40% das emissões americanas de CO2 vêm de centrais elétricas, em particular do carvão